terça-feira, 30 de julho de 2013

Preparação para a Aventura Resident Savage Worlds!

Fala galera!

Primeiramente quero me desculpar por tanto tempo sem postagens no blog!
Infelizmente nossas obrigações tomam muito do nosso tempo. Creio que agora eu poderei voltar a postar com mais freqüência.
Mas vamos ao que interessa. Esta postagem é uma preparação para minha aventura de Resident Evil ambientada e Savage Worlds. Esta pequena aventura, que deverá durar cerca de duas ou três sessões é na verdade uma releitura dos acontecimentos da mansão Spencer em julho de 1998, que abrange o primeiro título da franquia Resident Evil para os games.


Substituí a equipe Alpha dos S.T.A.R.S. pelos personagens jogadores e eles reescreverão a história dos protagonistas desde o princípio da série.

Dependendo da aceitação desta aventura, seguirei a cronologia Resident Evil em aventuras futuras, modificando o cenário de acordo com as escolhas tomadas pelos personagens.

Na aventura usarei elementos do primeiro jogo, bem como da versão Remake, alterando mapas, armadilhas, inimigos e etc, a fim de surpreender jogadores que conhecem o game. O destino de npcs que vivem ou morrem na história do jogo também será alterado de acordo com as consequências das ações dos personagens, podendo alterar completamente os rumos da história. Serão usados elementos dos gibis, jogos spin-offs, games e até os filmes, que fugiram da história do game mas ficaram legais como filmes de ação, se encaixando perfeitamente no proposto pelo Savage Worlds.

Inicialmente contarei com cinco jogadores, quatro deles policiais pertencentes aos S.T.A.R.S. e um investigador de polícia contratado pelo chefe de polícia Bryan Irons, para supervisionar o trabalho da equipe.

Como regras de ambientação, utilizarei: Dano Severo e Sangue e Víceras, para representar o horror vivido em um apocalipse zumbi.

Os três principais npcs utilizados no início desta aventura são:

Brian Irons: Chefe de Polícia de Raccoon City

Irons é o chefe da polícia de Raccoon City e um dos fundadores da equipe S.T.A.R.S. em 1996. Ele comanda a delegacia de polícia há cinco anos e tem uma relação suspeita com a Umbrella. Sempre que algo de ilícito é atribuído à Umbrella, ele encontra uma maneira de colocar alguns de seus "policiais de confiança" no caso.
Irons foi nomeado chefe de polícia pelo prefeito da cidade e tem uma relação de proximidade muito forte com ele, embora não seja segredo pra ninguém que ele almeja o cargo de prefeito.
Apesar das suspeitas quanto ao relacionamento com a Umbrella, Irons sempre se mostrou um líder muito dedicado e preocupado com a segurança da cidade, tendo ganhado vários prêmios durante o tempo em que esteve no comando. Estranhamente ele sempre gasta a verba desses prêmios, bem como uma generosa fatia de seu salário com esculturas caras e outras obras de arte que expõe com orgulho nos corredores da delegacia de polícia de Raccoon City.

Albert Wesker: Capitão, líder do esquadrão S.T.A.R.S. e comandante da equipe Alpha

Wesker é o líder da equipe alpha do esquadrão de elite da cidade. Ele demonstra ser um excelente profissional e líder, sendo também uma pessoa muito inteligente, que sempre enxerga a frente e sempre antecipa suas ações. Com habilidades em tiro e luta muito acima da média, Wesker sempre se destaca no meio policial.
Wesker é sempre calmo e frio, nunca mostrando qualquer emoção ao se dirigir aos seus subordinados.
Após muito discutir ele conseguiu colocar os S.T.A.R.S. nas investigações pela floresta de Raccoon, enviando a equipe de apoio (equipe Bravo).



Barry Burton: especialista em arma da equipe Alpha

Ex integrante da SWAT e Forças Aéreas americanas, Barry é um pai de família extremamente apaixonado por sua esposa Kathy e suas duas filhas Moira e Polly. Ele é apaixonado em armas e se especializou em armamento pesado.
Com a criação do esquadrão S.T.A.R.S. em 1996, Barry entrou para a equipe alpha e logo se tornou responsável pelo suprimento bélico do esquadrão, bem como conservação das armas e treinamentos de tiro do esquadrão.
Barry se especializou também em customização de armas e criou uma forte amizade com Robert Kendo e seu irmão Joe Kendo, dono da maior loja de armas da cidade.


Tem também alguns npcs que não podem ser mostrados aqui por questão de spoiler.

Os personagens jogadores são:

Melissa Walsh - Jogadora: Bárbara
"Dante" - Jogador: Matheus
Trevor Stahl - Jogador: Pedro
Ahimsa - Jogadora: Yammaris
William Vines (Investigador de polícia) - Jogador: Guilherme

Em um futuro post mostrarei imagens dos personagens, bem como seus respectivos históricos.

Para as miniaturas eu peguei imagens em sites diversos da internet e utilizei a ideia apresentada no blog Tralhas RPGísticas da Graci miniaturas de papel para jogos de rpg, onde usam-se os binder clips como base para sustentar as miniaturas. Desde já deixo aqui o meu agradecimento a Graci por ter nos apresentado a ideia.

Seguem algumas fotos:

As imagens foram impressas em papel ofício A4 e coladas em papel cartão, dobradas e fixadas com os binder clips.

Na verdade eu sou horrível com trabalhos artesanais. Se não fosse minha esposa não teria ficado tão bom!

O resultado foi realmente bom. As miniaturas ficaram resistentes e as bases as sustentam de forma muito satisfatória.
Recomendo fortemente para todos aqueles queiram dar uma cor em suas batalhas e gastar pouco com isso.

Obrigado amor, pela grande ajuda e paciência!

É isso galera!
A aventura está pronta e estou ansioso para jogar com meus amigos e relatar aqui para vocês nossa experiência.
A aventura ocorrerá provavelmente no sábado (dia 03/08/2013).

Grande abraço a todos e até a próxima!